Amarildo

Amarildo

Vídeo Policial

Loading...

terça-feira, 9 de março de 2010

POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS MILITARES, A GUERRA NÃO ESTÁ PERDIDA.

       O coração de todos os Policiais Militares e Bombeiros Militares do Brasil está apertado, o ocorrido hoje na Câmara dos Deputados, diante da ameaça no sentido de que todas as PECs só sejam votadas após as eleições, trouxe a angústia para 700.000 lares espalhados pelo país. Fora a Policia Civil e os Aposentados e pensionista.
        Eles podem ter ferido de morte a esperança, mas não a mataram, bravos heróis sociais.
        E agora?
        E se a decisão for no sentido de que as PECs só sejam votadas após as eleições?
        Conclamarão a deflagração de uma greve? Uma operação padrão? Uma operação tolerância zero?
        Penso que não, mas espero que me surpreendam positivamente.
        Policiais e Bombeiros Militares, nada está perdido, amanhã a realidade pode ser outra e a votação da Emenda Aglutinativa 1/2010 (PEC 300 e PEC 446) poderá prosseguir. Todavia, se a decisão for contrária a nós, a guerra não está perdida, pois “Juntos Somos Fortes!”
        Vamos fortalecer a luta nos nossos estados, cobrando do governo a nossa valorização, os nossos salários dignos.
        Cobraremos dos nossos deputados federais, em cada estado da federação, caso não correspondam, faremos campanhas contra eles no estado. E, não basta dizer que está a nosso favor, terão que promover mudanças concretas nessa direção.
        Não ouvimos que o Governo Federal, Serra, Cabral, Aécio, etc, estavam contra a PEC 300?
        Então vamos jogar no colo deles todas as nossas aspirações salariais, eles que nos atendam, enquanto não ganhamos a guerra de Brasília, que não pode parar.
        Policial e Bombeiro Militar, vamos fazer valer o “Juntos Somos Fortes!”
        Temos muitas opções dentro da legalidade.
        A operação padrão e a tolerância zero são as principais, mas não podemos esquecer da mobilização dos nossos familiares, o que já ocorre em muito estados.
       Quem sabe não desenvolvemos uma "Operação Morar no Quartel” por todo o Brasil. Imaginem centenas de milhares de Policiais e Bombeiros Militares, morando nos quartéis e recebendo a visita dos familiares.
       Bravos heróis sociais, temos incontáveis ferramentas para lutarmos pela equiparação salarial com o Distrito Federal, antes lutando também por aumentos salariais a serem concedidos pelos governadores.
       Não esqueçam, 2010 é um ano eleitoral.
       Os políticos têm tudo a perder nos respectivos estados e nós poderemos catalisar essas perdas.

                                     JUNTOS SOMOS FORTES!

Texto adaptado de PAULO RICARDO PAÚL - CORONEL DE POLÍCIA - RJ  Ex-CORREGEDOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário